domingo, 25 de janeiro de 2015

Empadas de galinha

Ontem decidi fazer pela primeira vez empadas de frango, não ficaram bem como queria, pelo menos em termos visuais, mas foi a primeira experiência. Para a próxima correrá melhor. De qualquer forma deixo-vos aqui o resultado... e contem-me qual é a vossa técnica para deixar as empadas bonitas visualmente porque em termos de sabor acho que não ficaram nada mal! 

Ingredientes:

Recheio:
1/2 galinha cozida 
(eu usei menos porque era uma galinha do campo, mas podem usar restos de frango que tenham)
200 ml de molho bechamel
Azeite q.b.
Alho picado q.b.
Salsa q.b.
Sal e pimenta q.b.

Massa:
250 g de farinha 
3 ovos pequenos
80 g de manteiga
Sal q.b.
Leite 

Preparação:

Comecem por fazer a massa colocando numa tigela a farinha e o sal. Façam uma cova no meio e coloquem os ovos e manteiga à temperatura ambiente (como está frio amoleci um pouco). Amassem, misturem bem e quando necessário coloquem um pouco de farinha até a massa deixar de colar. Deixem-na repousar durante cerca de 1 hora.
Para o recheio desfiem a galinha. Num tacho coloquem o azeite e o alho picado, refoguem a carne e depois comecem a juntar aos poucos o molho bechamel (eu fiz em casa mas podem comprar já feito). Rectifiquem o sal e juntem um pouco de mistura de pimentas e a salsa.
Untem as formas com manteiga e coloquem um pouco de farinha para facilitar o desenformar depois de cozidas. 
Estiquem a massa, coloquem nas formas e encham com o recheio. Depois de feitas pincelem com leite e levem ao forno a 180ºC durante cerca de 30 a 40 minutos.





Bolo de Maçã Royal Gala

Ontem foi dia de encontro da Juventude Doroteia em Fátima e por isso mesmo tinha que cozinhar alguma coisa para o almoço partilhado... por isso decidi fazer umas empadas e um bolo de maçã... e como a minha mãe tinha em casa umas belas maçãs royal gala a decisão estava feita, era mesmo isso, um bolo de royal gala. 
Fica aqui a receita para aqueles que querem asneirar um pouco neste domingo solarengo! 

Ingredientes:

180 g de manteiga
200 g de açúcar
1 limão (raspa)
3 ovos e 1 gema
200 g de farinha sem fermento
1 c. (café) de fermento em pó
3 maçãs royal gala
Açúcar em pó para polvilhar

Preparação:

Amassem a manteiga com o açúcar e a raspa de limão, até deixarem de sentir o granulado. 
Juntem os ovos e a gema, a farinha peneirada com o fermento e, por fim, 1 maçã descascada e ralada.
Untem uma forma com 20 cm de diâmetro e verta a massa. Polvilhem com açúcar e leve ao forno a 180ºC, cerca de 35 minutos. 
Retirem depois de cozido, deixem arrefecer e sirvam polvilhado com mais um pouco de açúcar em pó.

Receita da revista "Receitas de Sucesso" (com algumas alterações).



quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Sopa de peixe

Fiz esta sopa de peixe no domingo passado e estava a prometer há algum tempo que iria colocar aqui a receita, mas finalmente o consegui fazer. 
É uma sopa que gosto muito e que aprendi com a minha mãe, tem proteína e é uma sopa bastante completa. Ao jantar um prato desta sopa e uma peça de fruta não fico com fome a meio da noite e se me apetecer bebo um chá quentinho que com este frio tem sido a minha bebida de eleição, apesar de também beber muito chá no Inverno, mas sobre chá falarei amanhã. Hoje fica a receita da sopa de peixe, espero que gostem!

Ingredientes:

2 alas de maruca ou 2 rabos de peixe vermelho
12 camarões 
3/4 batatas médias
1 cebola grande
1/2 alho francês (parte branca)
1 tomate grande pelado
1/2 curgetes
Pimento verde e vermelho (a gosto)
Piri-piri q.b.
Azeite q.b.
Sal q.b.
Coentros q.b.

Preparação:

Numa panela comecem por cozer o peixe em água com uma pitada de sal. No final da cozedura coloquem os camarões na mesma água uns 2/3 minutos no máximo. 
No final da cozedura, coam a água, retirem o peixe e os camarões e reservem.
Descasquem os legumes. Na água onde cozeram o peixe e os camarões coloquem os legumes a cozer com um fio de azeite e uma pitada de sal. Depois de cozidos os legumes, triturem tudo com a varinha mágica. 
Juntem de seguida o peixe desfiado sem pele e espinhas e os camarões descascados e cortados. Seguem-se os pimentos cortados aos cubinhos e o piri-piri a gosto. 
No final coloquem os coentros e sirvam.

Dica da Cátia: Se quiserem que a sopa fique ainda com mais sabor podem triturar umas cascas de camarão, dará um sabor mais intenso. Se estão de dieta e não quiserem colocar batata na sopa podem substituir por mais curgetes ou chuchus. 




segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Bacalhau no forno da minha avó

Ontem estava com saudades de comer um bacalhau no forno que a minha avó faz muitas vezes mas que eu não como desde o ano passado e muito antes do natal... decidi fazê-lo ao almoço e partilhar a receita convosco. É muito simples, rápido e saudável. Leva batata, mas é igualmente delicioso se não as colocarem, caso estejam a cortar nos hidratos de carbono também ao almoço. Eu confesso que só estou a cortar nos hidratos depois das seis da tarde porque o estudo dá-me imensa fome e o lanche acaba por ser mais substancial para evitar que a fome chegue de uma forma desmedida ao jantar, mas é claro que está a ser difícil perder os quilinhos que ganhei depois do verão, mas os do natal já se foram e não foi preciso muito esforço, bastou voltar à minha alimentação mais saudável e sem pecados natalícios. 
E vocês, como estão a começar o ano no que à alimentação diz respeito? Mais saudável? Pouco controlada? Amanhã deixo-vos a receita de uma sopa de peixe maravilhosa que aprendi com a minha mãe e que é óptima para o jantar, porque sacia, tem proteína, legumes e poucos hidratos de carbono. 
Agora, fica aqui a receita do bacalhau da minha avó, espero que gostem!

Ingredientes:

1 embalagem de bacalhau demolhado desfiado
(ou 3 postas de bacalhau)
3 batatas grandes
7 ovos
2 cebolas 
Salsa
Colorau q.b.
Pão ralado q.b.
Azeite q.b.

Preparação:

Descasquem as batatas e cortem na horizontal às rodelas, levem-nas a cozer (não em demasia, para não se partirem) numa panela com sal juntamente com os ovos. Noutra panela coloquem o bacalhau e deixem estar uns minutos até levar fervura e ele estar praticamente cozido. Reservem.
Numa taça batam 3 ovos com um pouco de pão ralado. Reservem.
Numa frigideira alourem as cebolas com um fio de azeite, salsa e um pouco de colorau. Reservem.
Num tabuleiro de ir ao forno comecem a fazer camadas alternadas de batata, bacalhau e os ovos cozidos cortados às rodelas. No fim coloquem por cima o preparado de cebola, e depois o dos ovos com pão ralado.
Levem ao forno pré-aquecido a 180ºC durante aproximadamente 30 a 40 minutos.




























sábado, 17 de janeiro de 2015

Bolo de noz com natas da minha mãe

O forno estava quente, eu abandonei a cozinha e a minha mãe não contente com o bolo que eu fiz, decidiu fazer um outro bolo, aproveitando o facto de ter o forno quente e nozes descascadas para fazer uma receita antiga de uma das suas mil e uma revistas (como vêem o mal já é de família...). Por isso decidi partilhar essa mesma receita convosco. É uma excelente ideia para aproveitar os restos de frutos secos do natal, neste caso as nozes ou então um simples bolo para o lanche, pequeno almoço ou sobremesa de uma refeição em família... cá em casa faz sempre sucesso e desaparece em pouco tempo!

Ingredientes: 

125 g de manteiga
200 g de açúcar
6 ovos
1 dl de leite
200 g de miolo de noz moído
1 c. (chá) de fermento em pó
1 pacote de natas (200 ml)
Sumo e raspa de 1 laranja
220 g de farinha
Manteiga para untar

Preparação:

Amassem a manteiga com os 150 g açúcar até ficar em creme. Juntem-lhe as gemas e batam muito bem.
Por fim, adicionem o leite, as nozes moídas e o fermento e mexam.
Batam as natas em chantilly.
Batam as claras em castelo e deitem-lhes os restantes 50 g de açúcar, sem parar de bater.
Misturem as natas com as claras, o sumo e a raspa de laranja, e por fim a farinha, mexendo sempre delicadamente com uma vara de arames e sem bater.
Untem com manteiga uma forma tipo bolo inglês, forrem-lhe o fundo com papel vegetal e voltem a untar. Vertam o preparado anterior e levem a cozer em forno pré-aquecido a 160ºC durante cerca de 50 minutos,

Dica da Cátia: Se gostarem podem servir polvilhado com açúcar em pó. Cá em casa não o costumamos fazer para não colocar mais açúcar, ou seja, mais calorias.



Bolo de maçã reineta e canela

Fim-de-semana e frio para mim combina com chá e bolinho quentinho acabado de sair do forno... e nada mais simples do que aproveitar as belas maçãs reinetas da minha terra para fazer um bolo simples e delicioso para o lanche... baseei-me numa receita da Filipa Gomes, de quem sou grande fã, e fiz apenas algumas mudanças, mas nada de especial. 
Façam uma pausa na dieta ao fim-de-semana... uma fatia de bolo não faz um estrago assim tão grande e se no final do dia forem passear ou fazer uma caminhada compensam as calorias ingeridas! Aqui fica a minha receita... espero que gostem!

Ingredientes:

3 maçãs reinetas grandes
175g de farinha sem fermento
1 c. (chá) fermento
2 ovos grandes (usei 3 mais pequenos)
1 pitada de sal fino
1 c. (chá) de canela 
90g de manteiga
150g de açúcar
1 limão

Preparação:

Comecem por descascar as maçãs e reservem.
Num recipiente batam a manteiga amolecida com o açúcar e os ovos. Juntem a raspa e algumas gotas de sumo de limão e uma maçã cortada muito finamente, quase ralada.
Misturem bem e juntem de seguida a farinha, o fermento, uma pitada de sal e uma colher de chá mal cheia de canela. 
Levem ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.




sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Quiche rápida

Hoje deixo-vos aqui uma sugestão muito rápida para aqueles dias em que não pensámos no que cozinhar para o jantar, ou naqueles em que nos esquecemos de descongelar carne ou peixe... uma quiche com aquilo que temos no frigorífico e ideal para fazer no final da semana... eu usei o que a minha mãe tinha por casa, mas quando quero fazer uma quiche mais elaborada faço a minha famosa quiche de bacalhau. Um dia destes partilho a receita convosco... Espero que gostem! Bom fim-de-semana e bons cozinhados! Amanhã espero voltar com uma receita mais docinha :)

Ingredientes:

Massa quebrada de compra 
4 ovos
Natas de soja (ou natas light de culinária)
3 cenouras médias
1 cebola grande
2 dentes de alho
10 tomates cereja (usei congelados)
Espinafres (quantidade a gosto)
1 lata de cogumelos
Fiambre q.b.
Presunto q.b.
Queijo ralado para gratinar q.b.
Azeite q.b.

Preparação:

Numa frigideira grande coloquem a cebola cortada às rodelas e os alhos picados com o azeite. Quando a cebola estiver amolecida coloquem os cogumelos e de seguida a cenoura, os tomates e os espinafres. Cortem um pouco de fiambre e presunto e deixem cozinhar um pouco, batam os 4 ovos com as natas num recipiente à parte.
Coloquem a massa quebrada numa tarteira e não se esqueçam de picar o fundo com um garfo. 
Disponham o preparado na tarteira e de seguida juntem a mistura dos ovos com as natas. Por cima coloquem o queijo ralado e levem ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 20/25 minutos.

Dica da Cátia: se estão de dieta e não querem comer hidratos de carbono ao jantar, não há problema... Faço muitas vezes esta quiche sem massa e resulta na mesma! Podem também utilizar só os ovos para não colocarem natas, mas as natas de soja não são tão calóricas. Em relação aos ingredientes podem ser variados, desde sobras de frangos, carne picada... sejam criativos na cozinha e não desperdicem comida! É esta a minha sugestão de hoje: esvaziar o frigorífico, alimentar a família e deixar toda a gente satisfeita.




sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Bolo de tangerina

Somos só nós que ficamos com vontade de lanchar um bolinho caseiro super reconfortante acompanhado de um belo chá? 
E depois com este frio e constipações pelo meio, acho que não temos outra hipótese se não a de ir para a cozinha fazer um belo bolinho cheio de vitamina c...e sim, tem algumas calorias, mas dias não são dias! Sabemos que este mês é por norma o mês das dietas, mas não sejamos radicalistas e cometamos uma asneirita por semana! 
Bom fim-de-semana para todos e sejam felizes!*

Ingredientes:

Sumo de 6 tangerinas
Raspa de 4 tangerinas
4/6 gotas de limão
1 e 1/2 chávena de açúcar 
2 chávenas de farinha sem fermento da nacional
1 c. chá de fermento em pó
1/2 chávena de óleo
4 ovos


Preparação:

Pré-aqueçam o forno a 180ºC.
Batam as claras em castelo, e as gotas de limão. Reservem. 
Batam as gemas com o açúcar até ficar uma massa esbranquiçada, de seguida juntem a raspa e o sumo das tangerinas e o óleo. 
Batam tudo muito bem, até ficar bem batido. 
Juntem a farinha e o fermento e envolvam bem, sem baterem demasiado. 
No final envolvam as claras em castelo com a ajuda de uma vara de arames.
Coloque numa forma previamente untada e leve ao forno durante 30 minutos.

Dicas da Cátia: 
Se gostarem podem sempre fazer uma cobertura batendo natas, 1 clara de ovo e raspa de tangerina, mas se não o fizerem retiram imensas calorias à receita e não cometem uma asneira assim tão grande quando tiverem a necessidade de comer uma fatia de bolo.
Este bolo é óptimo acompanhando com um chá preto ou verde, ou qualquer infusão de citrinos. Aproveitem o Inverno para o fazer porque tem muita vitamina c e ajuda nesta altura de gripes e constipações.






sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Dicas para o novo ano!

Um ano novo começa e muitos de nós queremos perder os excessos cometidos no natal. Se forem como eu, nesta altura a balança acusa quase sempre entre 2 a 3 quilos a mais. Decidi fazer uma espécie de dias de desintoxicação este fim de semana prolongado... baseei-me na dia detox da Dra. Ágata Roquette e naquilo que eu acho minimamente aceitável e menos radical para o caso de querer prolongar este dia, visto que farei esta desintoxicação durante 3 dias.
O que ela nos sugere é durante um dia ingerir apenas 8 bananas e 8 copos de leite distribuído de forma correcta durante todo o dia. Apenas um dia. O que eu decidi fazer foi mais ou menos o seguinte:

Pequeno almoço:
Café com leite
Metade de uma bolinha de centeio com fiambre ou queijo light
Uma maçã

Meio da manhã:
2 bananas e 2 copos de leite

Almoço:
Sopa de legumes sem batata
2 bananas e 2 copos de leite

Lanche:
Gelatina sem açúcar
2 bananas e 2 copos de leite

Jantar:
2 bananas e 2 copos de leite

Se acharem difícil podem sempre fazer batidos com legumes e fruta e irem bebendo ao longo do dia ou então comer e beber as bananas e o leite em forma de batido. Se gostarem podem sempre juntar sementes de chia, de linhaça ou qualquer outra semente ou baga como as goji. Bebam muito chá, mas tenham sempre em conta que este deve ser um dia ou dias em que possam estar em casa.






























Para quem quer aproveitar o novo ano e iniciar uma dieta alimentar mais saudável e ainda perder alguns quilos em excesso para além dos adquiridos no Natal aconselho a dieta que fiz e que ainda hoje vou fazendo para manter e/ou perder alguns quilinhos que vão aparecendo, porque muitas vezes o metabolismo lento complica-nos a tarefa, deixo aqui dois livros que tenho e que li, segui e resultou... A Dieta dos 31 dias da nutricionista Ágata Roquette e a Dieta 1, 2, 3 da nutricionista Iara Rodrigues. São dietas diferentes mas que se complementam e foi o que fiz. Uma mescla das duas. 
Um exemplo da diferença que fiz na dieta dos 31 dias foi nunca cortar a fruta da minha alimentação, mesmo que fosse apenas nos primeiros 15 dias. Nunca o fiz porque não sou capaz, mas também porque não ingiro nenhum açúcar a não ser o açúcar presente na fruta, a frutose. Mas entendo que o objectivo seja fazer um desmame total de açúcares, mas no meu caso isso não era aplicável e eu perdi peso na mesma. A minha dica está em adaptar a vossa vida e o vosso estilo de vida à dieta que será mais fácil aplicar, menos rigorosa e sem passar fome, porque mais difícil do que perder peso é mudar os nossos hábitos para sempre! 

É caso para dizer: ANO NOVO, VIDA NOVA, DIETA NOVA!*


Sejam felizes neste novo ano, comam bem e pensem na vossa saúde 
para estarmos cá muito mais anos!